Autenticação Multifator (MFA)
Saiba como a Autenticação Multifator (MFA) é fundamental para a segurança da sua empresa, além de reduzir o tempo e custo de implementação desta funcionalidade, uma vez que não se faz necessário contratá-la de terceiros.

18/04/2022



Já faz algum tempo que, para garantir a segurança e controlar os acessos a arquivos e sistemas dentro de uma empresa, bastava apenas uma senha de 8 ou 10 dígitos, mas se a sua empresa ainda está neste tempo, então está mais do que na hora de rever esta abordagem, afinal de contas, cada vez mais as empresas entram na mira de criminosos virtuais e podem sofrer ataques que visam não apenas a invasão de seu ambiente, mas principalmente o roubo e o sequestro de dados e informações, o que pode gerar grandes prejuízos.

Existem atualmente muitas iniciativas que visam melhorar a segurança e coibir o acesso indevido à sistemas e arquivos em ambientes corporativos, e uma das iniciativas que tem ganhado mais destaque é a adoção da Autenticação Multifator, ou apenas MFA, que combina até três formas de comprovação de uma identidade.

O que é a Autenticação Multifator?

A Autenticação Multifator é um processo que combina diferentes métodos de autenticação com base em informações as quais apenas o usuário possui acesso, isto é, informações que são de conhecimento apenas daquele usuário. Essa abordagem eleva a segurança a um nível muito superior ao de, por exemplo, uma senha de 10 dígitos, comumente utilizada em diversas empresas.

Segundo o Gartner, a maioria das empresas de médio porte enfrentam problemas como a falta de profissionais qualificados, limitações de orçamento, e muitas vezes sequer possuem uma equipe de segurança dedicada. Em um cenário como esse, a adoção do MFA proporciona não apenas um salto no que diz respeito à segurança, mas também possui um custo relativamente baixo, além de um esforço pequeno para implantação, tornando esse método o mais interessante sob diversos aspectos.

 

Os métodos utilizados para a realização da autenticação podem ser de diversos tipos, como por exemplo:

1)     Algo conhecido apenas pelo usuário

2)     Algo que apenas o usuário possua

3)     Algo que seja inerente ao usuário

Senha

Token

Impressão digital

PIN

Smart Card

Reconhecimento facial

 

Com a MFA eu estarei 100% protegido?

A Autenticação Multifator também é bastante efetiva contra Phishing, técnica de engenharia social muito utilizada para enganar os usuários e assim obter informações importantes como nomes de usuário e senhas, sendo comumente disfarçados em e-mails, muitas vezes idênticos a e-mails que o usuário já está acostumado a receber.

O MFA se torna uma poderosa e importante arma contra esse tipo de estratégia, que utiliza um conceito chamado Cyber Kill Chain para conseguir acesso às credenciais de usuários e dessa forma obter acesso às informações de uma empresa ou indivíduo.

 O Cyber Kill Chain consiste em 6 etapas:

  • Reconhecimento

    1. Coleta de informações

  • Armamento

    1. Criação de um sistema de ataque, normalmente um malware

  • Entrega

    1. Pode ser um e-mail malicioso, USB, etc.

  • Exploração

    1. Se aproveita de vulnerabilidades para executar código malicioso

  • Instalação

    1. Instala o código malicioso

  • Comando e controle

    1. Sistema ou ambiente comprometido e sob domínio do atacante

No entanto, se uma dessas etapas falhar, todo o processo pode ser perdido, e é aí que o MFA se mostra um aliado formidável, uma vez que obriga os usuários a utilizarem mais de um método de autenticação, muito além do simples uso de nome de usuário e senha, o que torna o uso de forma isolada dessas informações irrelevante, desmontando assim esse tipo de estratégia.

Requestia com MFA Nativo

A versão 7.0 do Requestia conta Autenticação Multifator nativa, proporcionando muito mais segurança, além de reduzir o tempo e custo de implementação desta funcionalidade, uma vez que não se faz necessário contratá-la de terceiros.

Segundo André Dainez, especialista em Segurança da Informação na Requestia, a implementação da Autenticação Multifator garante um aumento significativo da segurança da aplicação como um todo: “A implementação do MFA do Requestia pode ser configurada por perfis ou até por criticidade do acesso. Por exemplo, para fazer uma simples consulta ou criar uma nova solicitação, apenas uma única autenticação pode ser suficiente. Mas se nesta mesma sessão, o usuário opta por fazer aprovações, então o segundo fator de autenticação é solicitado.”

 O MFA presente no Requestia possibilita o uso dos seguintes métodos de autenticação que podem ser combinados:

  • Código único à Enviado por e-mail

  • Código de verificação à Enviado por SMS

  • Código de verificação por aplicativo autenticador à DUO; Microsoft Authenticator; Google Authenticator

  • Chave de segurança à YubiKey; Titan

Com a versão 7.0 do Requestia fica muito mais simples garantir a segurança da sua empresa.

Conteúdos relacionados

Folder

Solução em Gestão de Serviços de TI

O Requestia Service Management é ideal para sua Gestão de Serviços de Ti. Saiba os principais recursos que a plataforma oferece.

EBook

6 Benefícios de Adotar o Requestia IAM para Gestão de Identidades e Acessos na sua Empresa

O Requestia IAM é uma solução altamente flexível e configurável, que se adapta às necessidades da sua empresa, gerando autonomia, transparência e segurança nos seus negócios.

Folder

Case de Sucesso - AccorHotels

Com diferentes processos simplificados, o Requestia Service Management passa a realizar grandes automações. Assim, mais de 50 processos foram digitalizados e 100% das solicitações são realizadas na aplicação.

Viva a experiência Requestia

Tudo que você precisa para transformar seus processos de negócios.

Alguns Benefícios:


  • Automação de ponta a ponta
  • Integração com diversas aplicações corporativas
  • Aplicação personalizável
  • Low-code development
  • Rápida implementação
  • Fácil configuração
  • Solução multilíngue

Solicite uma demonstração agora.

Sem burocracia. Sem compromisso.

Entre em contato conosco agora mesmo.


Fale com Vendas